Assine nossa newsletter

Porque separar sua conta pessoal da conta empresarial? Entenda.


Porque separar sua conta pessoal da conta empresarial?  Entenda.

Você é o dono da sua empresa, passa mais tempo nela do que em casa, e na hora de pagar as contas não faz distinção entre o que é de Pessoa Jurídica (PJ) e o que é de Pessoa Física (PF), afinal, é tudo a mesma coisa, não é?! A resposta é não. Saber organizar e separar as despesas, exige atenção e cuidado, e evita muitos problemas lá na frente, preservando a sua financeira da sua empresa.  

Afinal, se você já parou para pensar sobre o porquê tantas empresas vão à falência, sabe que a má gestão financeira tem grande impacto. Mas calma, mesmo que esteja tudo bagunçado agora, o reconhecimento dessa prática prejudicial é o primeiro passo para buscar melhorias e colocar as coisas em ordem. O que vai te proporcionar uma melhor visão e controle dos dois aspectos da sua vida, pessoal e empresarial.  

 

Dicas para não misturar despesas físicas e jurídicas  

 

Mantenha contas bancárias PJ e PF separadas  

O primeiro passo é ter contas separadas, PJ para a empresa, e PF para o sócio/proprietário, sendo essa última a fonte de retirada do que foi transferido como lucro ou pró labore. Com a facilidade dos bancos digitais fica simples providenciar essa separação, e ter esse controle é importante na hora da contabilidade da empresa e da declaração do imposto de renda pessoal, evitando problemas fiscais para ambos, PJ e PF.   

  

Use cartões de crédito diferentes e mude a titularidade das contas  

Contas distintas também significa cartão de crédito separados, um pessoal e outro corporativo, usando cada um para as respectivas despesas. Nesse ponto é necessário mudar também a titularidade das contas da empresa, para que os gastos dela sejam gerados no próprio CNPJ, e assim ter mais claro os gastos que a empresa gera.   

  

Determine seu salário   

Quanto é o seu salário? Muitos empresários já devem ter tido esse questionamento, gerando dúvidas como: Pego somente o que vou precisar para minhas despesas? Pego o lucro total para gastar como achar melhor? Essa é uma dúvida válida, e precisa ser analisada de forma consciente pensando no futuro da sua empresa, seja você o único proprietário, ou com outros sócios, é importante fazer os cálculos e ter uma visão ambiciosa quanto a expansão dos negócios. Pois, se você e os sócios ficarem com o lucro integral, como fica o fundo de caixa para investimentos e melhorias? Determinar esse ponto, de acordo com a sua realidade se faz necessário, pensando que um bom planejamento vai te propiciar futuramente em um lucro maior conforme seu negócio cresce.  

  

Se possível, conte com uma contabilidade   

Todo empresário enfrenta muitas burocracias e trâmites para gerir todos os aspectos da sua empresa, por isso, ter o suporte de uma contabilidade vai além de te ajudar a organizar seu financeiro, é uma ferramenta de gestão que agrega valor para sua empresa. É preciso ter em mente que ter todos esses cuidados impactam também sobre a visão de empresário, de entender o melhor momento para realizar investimentos e tomar decisões importantes.    

No nosso próximo artigo iremos trazer como uma contabilidade pode ajudar sua empresa a lucrar mais. 

 



Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!