Assine nossa newsletter

Contabilidade

Logo nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (17), o prefeito, Nestor Tissot e o vice-prefeito, Luia Barbacovi estiveram reunidos com membros do Centro de Operações de Emergência (COE) Gramado e do Gabinete de Crise, tratando sobre as medidas de prevenção e combate ao novo coronavírus (Covid-19). Na prática, o novo decreto flexibiliza os tetos de ocupação de atividades produtivas no município, principalmente ligadas às áreas de comércio e de prestação de serviços.

Continuar lendo

O Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda poderá voltar por mais 180 dias. É o que pede o Projeto de Lei 6/2021 de autoria do senador Rogério Carvalho (PT-SE).

A medida pede que as empresas, ao invés de demitirem, possam realizar acordos com os empregados, sendo possível renegociar o salário, jornada de trabalho ou ainda suspender temporariamente o contrato de trabalho.

O programa foi criado no ano passado por meio da MP 936/2020, em 2021 as permissões foram prorrogadas por duas vezes e a medida perdeu a validade no dia 31 de dezembro de 2020, juntamente com o estado de calamidade pública.

Continuar lendo

Neste fim de semana, entra em vigor a nova Lei de Falências (nº 14.112, de 2020) e, com isso, o Fisco ganha um superpoder: poderá pedir a falência da empresa em recuperação judicial caso haja descumprimento de parcelamento fiscal ou acordo.

O poder do Fisco também se estende a casos de esvaziamento patrimonial, que é uma estratégia adotada para evitar ou postergar o pagamento de dívidas tributárias.

Os contribuintes ficaram ainda mais apreensivos com as providências que poderão ser tomadas pelo Fisco em esferas federal, estadual e municipal, quando o presidente Jair Bolsonaro vetou as contrapartidas negociadas para as companhias em recuperação. Essas condições que estavam previstas eram benefícios fiscais aceitos pelo Ministério da Economia.

Continuar lendo

A Prefeitura de Gramado, por meio do Gabinete de Crise da Covid-19 e o Centro de Operações de Emergência (COE) Gramado, publicou um novo decreto reforçando medidas para combater o coronavírus (Covid-19) no município, restringindo e autorizando o funcionamento de algumas atividades, desde que sejam cumpridos todos os protocolos de distanciamento social, segurança e de saúde. O decreto entra em vigor na quarta-feira (17) e se estende até o dia 28 de fevereiro.

Continuar lendo

Os trabalhadores autônomos são os que mais mostraram interesse em abrir o próprio negócio em 2021, segundo a Pesquisa de Imagem Sebrae, realizada pela Unidade de Gestão Estratégica do Sebrae Nacional em conjunto com a Unidade de Gestão de Marketing.

Além disso, o levantamento apontou que os desempregados e quem já tem a própria empresa demonstraram, também, desejo em abrir um negócio nos próximos 12 meses.

Do total de entrevistados para a pesquisa, um em cada cinco pretende abrir uma empresa este ano

Continuar lendo

As SPEs são uma modalidade de negócios com um fim específico e prazo determinado, utilizadas em grandes projetos de engenharia, com ou sem participação do Estado. Geralmente utilizadas em obras onde haja investidores e a necessidade de um controle exclusivo. Descubra, agora, como a SPE pode ser usadas na Construção Civil!

Já ouviu falar ou sabe o que é uma SPE na Construção Civil? A busca por competitividade, redução de custos e crescimento em meio ao aumento da concorrência não é uma tarefa fácil. Aliás, essa é uma constante busca de gestores e empresários, inclusive das pequenas e médias empresas.

Continuar lendo

Quando falamos na atividade do e-commerce, o primeiro impacto que vislumbramos é o incremento da atividade comercial, a abertura de um horizonte que até então o comércio tradicional não imaginava vivenciar.

Não podemos deixar de considerar, porém, que a tecnologia é a sustentação da atividade do comércio eletrônico trazendo a ele ferramentas de controle para desenvolver a operação com segurança.

Interessante acompanhar a evolução do e-commerce quanto aos itens que eram tradicionalmente foco de consumo por essa variável eletrônica de compras.

Continuar lendo

Em 2020, o Brasil somou 2,6 milhões de novos Microempreendedores Individuais (MEIs), chegando ao total de 11,3 milhões, segundo o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

O aumento expressivo nos empreendedores foi motivado pelo alto índice de desemprego, um dos reflexos da pandemia. Em 2021, especialistas acreditam que o interesse deve continuar. Mas é preciso ficar de olho nas mudanças que estão previstas para a categoria neste ano.

A primeira delas é que o teto de faturamento do MEI em 2021 é de R$ 81 mil por ano (ou R$ 6.750 por mês de operação, caso a empresa não seja aberta em janeiro). Também é importante lembrar que o MEI não pode ser sócio de outra empresa ou ter filiais, e só pode empregar um funcionário.

Continuar lendo

O setor de bares e restaurantes é um dos mais afetados pela pandemia do coronavírus.

Para ajudar esse grupo de empreendedores, o governo federal estuda criar um Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) direcionado para essa categoria.

Com o apoio do Sebrae, o Ministério da Economia estuda a viabilidade dessa linha de crédito subsidiada para os pequenos negócios que atuam nessas atividades.

Continuar lendo

Os novos presidentes da Câmara e do Senado, Arthur Lira (PP-AL) e Rodrigo Pacheco (DEM-MG), assinaram nesta quarta-feira (3) uma declaração conjunta em que prometem estudar formas de retomar o pagamento do auxílio emergencial para os brasileiros sem estourar o teto de gastos do governo.

“O Senado Federal e a Câmara dos Deputados manifestam que trabalharão de forma conjunta, harmônica e colaborativa em todos os temas que possam facilitar e ajudar os brasileiros na superação do drama da pandemia, incluindo, sobretudo, a análise das possibilidades fiscais para, respeitando o teto de gastos, avaliar alternativas de oferecer a segurança financeira através de auxílio emergencial”, diz o documento.

Continuar lendo

As vendas online dispararam em 2020 com a pandemia e a necessidade de isolamento social. As lojas com portas fechadas, impulsionou diversos negócios a migrarem para o digital. Segundo estimativa da  Ebit/Nielsen, o crescimento do faturamento do comércio eletrônico superou 38% no ano passado.

Ainda não há números compilados dos 12 meses do ano passado, mas no primeiro semestre, o faturamento de lojas online cresceu 47%, maior alta registrada em 20 anos, segundo a consultoria.

Continuar lendo

Olá pessoal, tudo bem? Hoje vou falar dos principais pontos que precisam de atenção para abertura de empresa e iniciar a trajetória de empreendedor da forma correta, aqui vou falar os mais comuns, existem casos mais específicos que cada ramo de negócio exige, como nosso universo burocrático e muito extenso, vou me ater aos corriqueiros.

Continuar lendo

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!